Case Volkswagen

Information about Case Volkswagen

Published on November 16, 2007

Author: Nastasia

Source: authorstream.com

Content

Consórcio Modular Volkswagen:  Consórcio Modular Volkswagen Inovação na Cadeia de Montagem de Ônibus e Caminhões Preliminar:  Preliminar Fato: a indústria automobilística brasileira tem vivido uma acirrada competição de mercado. Implicação: para obterem vantagens competitivas, elas tem procurado ser inovadoras (idéias criativas e diferenciadas). A Volkswagen Caminhões de Resende é um exemplo do esforço de inovar. antecedentes Objetivo :  Objetivo O objetivo da Volkswagen foi construir uma fábrica que a colocasse em lugar de destaque no ramo de Caminhões e Ônibus. Para tal objetivo, ela projetou e desenvolveu o conceito de Consórcio Modular. Obteve visibilidade internacional. estratégia Princípios do Consórcio:  Princípios do Consórcio O Consórcio é uma combinação de diversas práticas aplicadas à cadeias de suprimento automobilística, tais como: Uso de Internet Novos processos e soluções de armazenagem e transporte. Os novos sistemas de computação Ferramentas disponíveis para lidar com: programação, matéria-prima, fornecimento, transporte, armazenagem, expedição e vendas, etc. o que é o consórcio? Consórcio Modular ?:  Consórcio Modular ? Parceiros trabalham dentro da planta da Volks, nos seus respectivos módulos. Cabe ao parceiro a montagem do módulo e a conexão deste módulo no chassi na linha de montagem final. Cada parceiro deve prover recursos materiais, peças e subconjuntos necessários na montagem, e recursos humanos que atendam às necessidades e objetivos de qualidade estabelecidos pela Volkswagem. o que é o consórcio? E o que faz a Volks ?:  E o que faz a Volks ? A Volkswagem é responsável: pelo planejamento do produto, marketing, vendas e pós-vendas, desenvolvimento do produto e pela liberação final do veículos e aprovação do planejamento de sistemas de qualidade de cada módulo e da fábrica como um todo. o que é o consórcio? Vantagens do Consórcio Modular:  Vantagens do Consórcio Modular Permitir a redução nos custos de produção e investimentos. Diminui estoques e tempo de produção dos veículos, aumentando a eficiência e produtividade, Tornar mais flexível a montagem de veículos. Aprimorar relacionamento  segue .... o que é o consórcio? Relacionamento com Fornecedores:  Relacionamento com Fornecedores A integração dos parceiros (fornecedores) no processo produtivo permite o entendimento das implicações de seus produtos no veículo, contribuindo com soluções para a melhoria da produtividade, redução de custos e aumento da qualidade. relacionamento Fornecedores:  Fornecedores O desafio foi definir e preparar fornecedores para o novo conceito de produção, integrando-os numa única plataforma de comunicação via rede para compartilhar os planos de produção. Assim todos sabem o que tem de ser produzido nos próximos meses, semanas, dias e horas. O sistema online de planejamento e programação entre montadora e fornecedores garante o sincronismo e são essenciais quando surgem necessidade de flexibilização e ajustes devidos a pedidos especiais, mudanças repentina de mercado ou na economia. relacionamento Slide10:  Layout interno Após várias simulações foi decidido adotar um Layout que otimiza o fluxo logístico de materiais. Não há prédios ou áreas de armazenagem de estoques. Tudo que entra na fábrica é material em processo divididos em três categorias: peças A de alto valor lotes para 1 dia de produção; peças B médio valor lotes para 1 semana e pecas C de baixo valor para até 15 dias de produção. relacionamento Slide11:  relacionamento Slide12:  Empresas Parceiras do Consórcio Modular: Iochipe/Maxion - responsável pela montagem do chassi, sistema de freios (reservatório de ar e válvulas), chicote elétrico, linhas de combustível, linha de transmissão e caixa de direção; Rockwell/Braseixos - responsável pela montagem dos eixos, molas, amortecedores e barras estabilizadoras, formando os kits de suspensão; Remon - responsável pela montagem das rodas e pneus, pressurização e balanceamento; MWM/Cummins - responsável pela montagem final do motor, alimentação de óleo,montagem de embreagem, caixa de mudanças, motor de partida, alternador, sistema de direção hidráulica, tubos de escape e freios; VDO - responsável pela montagem de bancos, painel de instrumentos, revestimento interno, vidros e chicote elétrico. Também é de responsabilidade da VDO a montagem da cabine completa sobre o chassis; Tamet - responsável pela montagem da cabine a partir das peças estampadas; Eisenmann - responsável pela pintura das cabines. relacionamento Slide13:  Desafio Interno Inicialmente, o maior desafio interno era organizar e coordenar 8 empresas para atuarem em harmonia dentro da fábrica. Ação: uma operadora logística foi contratada para trabalhar em parceria com elas, sendo responsável por todo recebimento, movimentação, abastecimento das linhas e administração de estoques. Resultado: administração e operação coordenada. relacionamento Sistema de Informação:  Sistema de Informação Sistema de planejamento do processo assistido por computador no ambiente de consórcio modular implantado na nova fábrica de caminhões e ônibus da Volkswagem do Brasil. Este sistema deve garantir informações precisas e padronizadas sobre o fluxo de produção, operações a serem executadas, ferramentas e peças utilizadas, os controles necessários e informações visuais da operação a ser realizada, que podem ser fotos ou desenhos em uma base de dados única e acessível por todos os parceiros. Sistemas de informação Sistema de Informação:  Sistema de Informação Sistemas de informação Resultados:  Resultados Redução do tempo de planejamento - aumento da produtividade de planejamento do processo. Agilidade nas revisões - operação do processo pode ser facilmente monitorada e revisada. Padronização dos processos - modelo único de plano de processo, garantindo uma padronização da documentação pelos diversos parceiros. Base única de processos - apesar de cada parceiro ser responsável por uma parte do processo de montagem do veículo. Aumento da qualidade dos processos - o plano de processo possui auxílio visual com fotos ou desenhos, lista das ferramentas e dispositivos para as operação, lista dos componentes de cada operação e instruções detalhadas de controle do processo. Sistemas de informação Slide17:  Relação com fornecedores dos fornecedores Definição do esquema de coleta das peças e componentes. Visto que os mais de 400 fornecedores (90% Paulistas) localizam-se a 280 km de Resende, foi criado um centro de recebimento cross-docking próximo a saída do estado SP. Identificou-se para cada peça (componente) quais seriam coletadas no sistema milk run e quais seriam fornecidas nos sistemas JIT, kanban e .... fornecedor do fornecedor Slide18:  Transportador Foi feita parceria com um uma única transportadora para manipular cargas do centro cross-docking à fábrica. Impacto: redução de custos para montadora e aumento no volume de carga e de negócios para transportadora, que assim pode investir em carrocerias especiais para atender a nova fábrica. fornecedor do fornecedor Slide19:  Resultados A Volkswagen tem se mantido uma das lideres deste setor altamente competitivo. Nos primeiros 5 anos de operação: o volume anual de produção subiu 168% o volume diário de produção subiu 159% houve uma redução significativa nos estoques da cadeia. Slide20:  Conclusão O consórcio modular é uma estratégia única construída em termos de conceitos logísticos que procuram utilizar de forma eficiente e criativa as ferramentas, os processos e soluções conhecidas na prática para criar um novo conceito de produção, no qual fornecedores são partes do processo de produção. Novos consórcios estão sendo pensados nesta mesma linha envolvendo outras montadoras aqui instaladas e em outras localidades no mundo. => Slide21:  Seguidores conclusão

Related presentations


Other presentations created by Nastasia

ICU acquired weakness Ron Jou
24. 10. 2007
0 views

ICU acquired weakness Ron Jou

ppt 14
14. 12. 2007
0 views

ppt 14

griffith seminar 150306
01. 10. 2007
0 views

griffith seminar 150306

Ch 2 Climate Causes of Aridity
03. 10. 2007
0 views

Ch 2 Climate Causes of Aridity

Anti Anxiety Agents
28. 11. 2007
0 views

Anti Anxiety Agents

lect8
04. 12. 2007
0 views

lect8

25271
06. 12. 2007
0 views

25271

GoalSetting
10. 12. 2007
0 views

GoalSetting

Consol Serra
25. 10. 2007
0 views

Consol Serra

3 The Model Treaties
29. 10. 2007
0 views

3 The Model Treaties

L08 MDS
31. 10. 2007
0 views

L08 MDS

CHAP09
02. 11. 2007
0 views

CHAP09

noaa updta isom 2004
05. 11. 2007
0 views

noaa updta isom 2004

oct energy narayana
05. 11. 2007
0 views

oct energy narayana

TS1 2 1
04. 10. 2007
0 views

TS1 2 1

school pp
19. 11. 2007
0 views

school pp

hedgefunds bubble slides
20. 11. 2007
0 views

hedgefunds bubble slides

fuel tank safety bahrami medal
06. 11. 2007
0 views

fuel tank safety bahrami medal

POA nsrc 2005 02 15
26. 11. 2007
0 views

POA nsrc 2005 02 15

Brand Presentation UofA
23. 11. 2007
0 views

Brand Presentation UofA

who are you
28. 12. 2007
0 views

who are you

WM TB2
31. 12. 2007
0 views

WM TB2

NDM Workshop
04. 01. 2008
0 views

NDM Workshop

chap11a
07. 01. 2008
0 views

chap11a

nutrient murray
07. 01. 2008
0 views

nutrient murray

harmon05
24. 12. 2007
0 views

harmon05

5 coldwar lesson
25. 12. 2007
0 views

5 coldwar lesson

Program Overview2
01. 01. 2008
0 views

Program Overview2

Kaal Dorst Beyond MIP final
21. 11. 2007
0 views

Kaal Dorst Beyond MIP final

Presentation Barbarosie
01. 12. 2007
0 views

Presentation Barbarosie

GRP 12 LA buffet
12. 12. 2007
0 views

GRP 12 LA buffet

SSA Presentation
05. 01. 2008
0 views

SSA Presentation

dnttour leader english
02. 10. 2007
0 views

dnttour leader english

cg 00 36
20. 02. 2008
0 views

cg 00 36

copyright authorship
27. 02. 2008
0 views

copyright authorship

masterclass
13. 11. 2007
0 views

masterclass

McCreight
05. 03. 2008
0 views

McCreight

Ling Chen
27. 03. 2008
0 views

Ling Chen

RameshNarayanSciWrit ers
29. 11. 2007
0 views

RameshNarayanSciWrit ers

6 2buscycle
13. 04. 2008
0 views

6 2buscycle

CAP June07
15. 11. 2007
0 views

CAP June07

2007 01vadmSullivan
06. 11. 2007
0 views

2007 01vadmSullivan

cabwrcpresentation final
11. 12. 2007
0 views

cabwrcpresentation final

GoetzAccelChange
21. 12. 2007
0 views

GoetzAccelChange

Internet QoS Technique
04. 01. 2008
0 views

Internet QoS Technique

Blue
16. 11. 2007
0 views

Blue

nabucco Sep14 2007
26. 10. 2007
0 views

nabucco Sep14 2007

PPT Mearns Intro2 health 2006
25. 10. 2007
0 views

PPT Mearns Intro2 health 2006

rm2403
30. 10. 2007
0 views

rm2403

FAO Peres Oct06
30. 10. 2007
0 views

FAO Peres Oct06

KateBTina
12. 12. 2007
0 views

KateBTina

urbana web
21. 11. 2007
0 views

urbana web

xml in mozilla
28. 12. 2007
0 views

xml in mozilla

Pablo
07. 11. 2007
0 views

Pablo

cookware energy2
03. 01. 2008
0 views

cookware energy2

ponencia NOM 030
15. 11. 2007
0 views

ponencia NOM 030

La civilisation romaine
30. 10. 2007
0 views

La civilisation romaine

Stata20060629
02. 01. 2008
0 views

Stata20060629

Permanentflowers
07. 12. 2007
0 views

Permanentflowers

s1310 amer yahia
03. 12. 2007
0 views

s1310 amer yahia