Deuteronômio 5

Information about Deuteronômio 5

Published on August 12, 2017

Author: LorivalSobral

Source: slideshare.net

Content

1. DeteuronômioO quinto livro da lei Equipe de trabalho: Marcos Salles Jorge Almeida Lorival Antunes Luciano Santos

2. Características: Grego Septuaginta - Deuteronômio. - segunda lei Hebraico Pentateuco - Devarim - palavras autor - Moisés Contexto: Moisés tinha 120 anos Terra prometida Canaã a sua frente Data: Por cerca de 641 a 642 a.C. Gênero literário: Tratado jurídico, narrativa

3. Moabe é o nome histórico de uma faixa de terra montanhosa no que é atualmente a Jordânia, ao longo da margem oriental do Mar Morto.

4. Versão da equipe 22 Estas palavras disse YHWH junto à comunidade no monte entre o fogo, a nuvem e a escuridão e nada mais incrementou. E escreveu sobre duas tábuas de pedra e entregou a mim: 23 E aconteceu dando ouvidos a voz do interior da escuridão do monte ardente em fogo, aproximaram de mim todos lideres e anciões das tribos. 32 E guardaras para cumprir conforme ordenou YHWH, o vosso Deus a vós, não desviareis nem a para direita nem a para esquerda. 33 Em todo o caminho que YHWH o vosso Deus ordenou, andareis para que vivas bem e prolongareis os dias que na terra apossareis.

5. Propósitos Preparar o povo para a conquista de Canaã. Apresentar os preceitos da lei. Instruir e advertir os detalhes da conquista. Estimular lealdade av

6. Sitz im Leben Este livro desempenhou um papel importante na história e na religião de Israel. O Novo Testamento refere-se a Deuteronômio e cita-o mais de oitenta vezes. Profecia a cerca do profeta que seria como Moisés.

7. Deuteronômio 5:22-33 Exortação à lealdade ao Senhor Advertência contra apostasia Moisés o intercessor do povo Obediência resultava em benção

8. Comparação das versões À ideia dê congregação - gahal

9. Lições sobre Moisés 1) Sua vida. 2) Seu pecado. 3) Sua morte. Contextualização

10. Referências bibliográficas BRUCE, K. Waltke. Dicionário Internacional de Teologia do AT. São Paulo, Ed. Vida Nova, 1998. CARDOSO. Pinto, Carlos Osvaldo. Fundamentos para exegese do Antigo Testamento. São Paulo. Ed. Vida Nova, 2004. D. L. Moddy - Comentário Bíblico - Antigo Testamento. ELLISEN, Stanley A. Conheça melhor o AT. São Paulo, Ed. Vida Nova, 1991. FRANCISCO. Edson de Faria. Manual da Bíblia Hebraica – Introdução ao Texto Massorético. São Paulo. Ed. Vida Nova. 2003. GUNNEWEG, Antinius H. Hermenêutica do Antigo Testamento. São Leopoldo – RS, Ed. Sinodal, 2003. HATZAMRI, Abraham. Dicionário Português – Hebraico e Hebraico – Português, Editora Sêfer, 5ª Ed. 2016. HOLF, Paul. O Pentateuco. São Paulo. Ed. Vida Nova. 2009. MEARS, Henrietta C. Estudo Panorâmico da Bíblia. São Paulo. Ed. Vida. 1993. SCHMIDT. Werner H. Introdução ao Antigo Testamento. São Leopoldo – RS, Ed. Sinodal, 2004. SHEDD, Russel P. Comentário da Bíblia Antigo Testamento. São Paulo. Ed. Vida Nova, 2009. SHEDD, Russel P. O Novo Comentário da Bíblia Vol-1. São Paulo. Ed. Vida Nova, 1987. STUART, Douglas. Manual de Exegese Bíblica. São Paulo, Ed. Vida Nova, 2008. ZABATIERO, Júlio. Manual de Exegese. São Paulo. Ed. Hagnos. 2007. Bíblias utilizadas: Antigo Testamento Interlinear Hebraico – Português Vol.1. SBB. 2012. Bíblia de Estudo Plenitude. Revista e Corrigida. SBB. 2008. Bíblia de Estudo de Genebra Revista e Atualizada. Ed. Cultura Cristã. 2005. Bíblia Hebraica. Ed. Sêfer. 2006. Bíblia de Jerusalém. Edições Paulinas. 1973. Bíblia A Mensagem em linguagem contemporânea. Eugene H. Peterson. 2010. Torá. A Lei de Moisés (Português). Ed. Sêfer. 2007. Sites utilizados: TEXTO HEBRAICO. Disponível em: www.hebraico.pro.br – Acesso em: 7 abr 2017. VULGATA. Disponível em: www.bibliacatolica.com.br /vulgata-latina – Acesso em: 01 jun 2017.

11. The End

Related presentations